Sobre o IN 4.0

O QUE É O IN 4.0?

A. Descrição geral

O IN 4.0 tem como objetivo melhorar a competitividade das empresas do setor naval através da sua adaptação ao modelo produtivo que representa a indústria 4.0, garantindo a continuidade do setor num mercado a cada vez mais exigente, no que a inovação é um fator chave de posicionamento estratégico.

Para isso, diagnosticar-se-ão as principais barreiras que impedem ao setor a adaptação do seu modelo de negócio, determinar-se-á o grau de maturação das tecnologias existentes suscetíveis de serem implantadas nas PME, definir-se-ão os sistemas de organização do trabalho, capacitar-se-á o pessoal do setor para transitar para o 4.0, desenhar-se-ão estratégias inovadoras para economizar custos na implantação de tecnologias, detetar-se-ão novos métodos de comercialização e implementar-se-ão as inovações desenhadas em IN 4.0 nas PME selecionadas das regiões participantes.

B. Território de intervenção

O programa INTERREG Espaço Atlântico abrange a parte ocidental de Europa na margem do oceano Atlântico. Inclui 37 regiões de cinco países: a parte ocidental do Reino Unido, o norte e a parte mais ocidental do sul de Espanha, o oeste de França, Irlanda e Portugal.

As entidades associadas ao projeto representam os cinco países mencionados.

C. Objetivos

Objetivos específicos:

  • Diagnosticar os principais problemas ou barreiras já identificados que impedem ao setor naval a transformação de seu modelo de negócio em 4.0 e propor novas soluções
  • Determinar o grau de maturação das tecnologias existentes suscetíveis de serem implantadas nas PME do setor
  • Transformar os sistemas de organização do trabalho, conhecimento e comercialização para uma indústria 4.0
  • Capacitar as e os trabalhadores do setor naval em novos trabalhos e tarefas para transitar para um modelo 4.0
  • Desenhar estratégias inovadoras para reduzir custos na implantação de tecnologias e na deteção de novos métodos de comercialização
  • Implementar na prática as inovações desenhadas no marco do projeto nas PME selecionadas das regiões participantes no projeto·       

 

D. Plano de trabalho

As atividades principais do projeto são quatro:

  • IN CONTEXT: é o ponto de partida para a adaptação a um novo modelo produtivo em base aos últimos avanços tecnológicos na matéria, detetando a inovação aplicável a tecnologias 4.0 relevantes para o naval
  • IN WORK AND IN TRAINING: protocolo de redefinição de tarefas das e dos trabalhadores e de capacitação do pessoal do setor
  • IN COMMERCIALIZATION AND COSTS: redução dos custos na implantação de tecnologias e novos métodos de comercialização
  • IN ADAPTATION: assessoramento para a transformação de empresas navais inteligentes

 

E. Principais resultados e entregáveis do projeto

  • Relatório sobre os resultados dos questionários e contribuições das empresas dos principais atores navais para avaliar a situação da aplicação da fábrica do futuro
  • Catálogo com um mínimo de 20 tecnologias existentes com potencial de implementação
  • Relatório sobre o grau de maturação das tecnologias identificadas: mínimo 5
  • Foro de validação multinacional
  • Protocolo de redefinição de postos de trabalho
  • Programa formativo
  • 25 inserções profissionais de jovens com titulação universitária
  • 2 ações formativas em cada país (10 no total)
  • Sistema web: ship building open knowledge
  • Rede de mentores nos 5 países
  • 50 PME do setor formadas
  • Listagem de opções para poupar custos relativos à aquisição de tecnologias (depois dum estudo de mercado)
  • Guia que reflita as novas metodologias de comercialização noutros setores: 5 metodologias de comercialização e marketing inovadoras para o setor naval
  • Ferramenta para fazer match e mapear mais de 100 setores empresariais em Europa
  • 5 foros intersetoriais como ponto de encontro para empresas do setor do naval com outros setores, fomentando a colaboração e conhecimento de sua experiência
  • Identificação de 5 casos de sucesso, um por país, de empresas do setor naval
  • Avaliação externa para medir o crescimento das PME após a adaptação ao modelo da indústria 4.0: 50 indicadores quantitativos e qualitativos
  • Identificação de 10 empresas e 5 mentores
  • 10 pilotos de assessoramento. O objetivo esperado é medir o nível tecnológico atual do setor e predizer o crescimento depois da adaptação das empresas pequenas ao modelo 4.0
  • Desenvolver-se-ão 10 programas de mentoria e 10 planos de negócio
  • 5 oficinas de difusão dos projetos-piloto com o fim de ter impacto no máximo número possível de PME do setor naval no Espaço Atlântico e elevar o seu interesse no planejamento do seu processo de mudança tecnológica